ENVIAR A UM AMIGO(A) FECHAR
SEU NOME: SEU E-MAIL: NOME: E-MAIL: MENSAGEM: CÓDIGO: imagem atualizar
Blog Facebook Twitter Youtube Instagram RSS

IEDINEWS

> ÁREA DO ALUNO

Esqueceu sua senha?
Clique aqui!
IEDIPEDIA
TAMANHO DA LETRA: +A -a
07/06/2017 - Quarta-Feira
  (Nº de votos 0)
13:52 - TSE deve realizar mais nove sessões para julgar chapa Dilma-TemerO Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizará mais nove sessões exclusivas, na quinta-feira (8), sexta-feira (9) e sábado (10), destinadas ao julgamento conjunto das três ações (Aije 194358, Aime 761 e RP 846) que pedem a cassação da chapa presidencial Dilma Rousseff e Michel Temer, reeleita em 2014, por suposto abuso de poder político e econômico. A sessões de quinta, sexta e sábado ocorrerão das 9h às 12h, das 14h às 18h e a partir das 19h.

  O julgamento teve início na terça-feira (6), às 19h, e prosseguiu com uma segunda sessão na manhã desta quarta-feira (7), que terminou há pouco.

  Na primeira sessão, o corregedor-geral da Justiça Eleitoral e relator dos três processos, ministro Herman Benjamin, leu relatório resumido sobre a tramitação dos processos, as providências que efetivou na fase de instrução, as alegações feitas nas ações pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e a Coligação Muda Brasil contra Dilma e Temer, e as contestações das defesas.

  Em seguida, a acusação, defesa e Ministério Público apresentaram suas razões. Os ministros chegaram a analisar quatro preliminares, três feitas pela defesa de Dilma Rousseff e uma pela de Michel Temer, e rejeitaram todas elas.

  Na sessão de hoje, os ministros analisaram outras três preliminares das defesas.

  O julgamento das ações será retomado a partir das 9h desta quinta-feira (8).


Fonte: Assessoria de Imprensa do TSE
Conteúdo Relacionado
20/10/2017 - Anamatra divulga enunciados sobre a reforma trabalhista20/10/2017 - Auditores criticam mudança nas regras para fiscalização do trabalho escravo19/10/2017 - PGR pede revogação de portaria que altera conceito de trabalho escravo18/10/2017 - Plenário rejeita medidas cautelares contra Aécio Neves e senador retoma mandato17/10/2017 - Rio aprova cobrança de ISS para Netflix e Spotify Comentários
Faça seu login ou crie uma conta

Somente usuários cadastrados podem fazer comentários.

Está publicação não possui nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA INTERATIVA
© 2010-2012 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL.
LEIA OS TERMOS DE USO.

Telefone: (19) 3115-9306